COBERTURA ESPECIAL - Argentina - Geopolítica

09 de Junho, 2016 - 10:45 ( Brasília )

Exclusivo – Argentina mantém interesse no Gripen

Matéria exclusiva da correspondente de DefesaNet em Buenos Aires.


Mariana Vaiana
Correspondente DefesaNet em Buenos Aires

 
O  Ministro de Defesa de Argentina, Ing. Julio Martínez, falou à correspondente de DefesaNet, em Buenos Aires. Afirmou que a industria de defesa segue como um objetivo prioritário para o novo Governo.
 
Júlio Martinez, assegurou que as Fuerzas Armadas Argentinas, seguirão trabalhando no desenvolvimento dos vectores espaciais, “El Fénix” da Fuerza Aérea Argentina (FAA), e o “Gradicom III” desenvolvido pelo “Instituto de Investigaciones Científicas y Técnicas para la Defensa” - CITEDEF (ex CITEFA).

Também confirmou o fim do  Projeto Sistema Aéreo Robótico Argentino (SARA). Encomendado a INVAP, que  teve um orçamento de U$D 200 Milhões e após 4 anos de trabalhos não produziu resultados conclusivos na tecnologia de VANTS.
 
O objetivo do “Proyecto S.A.R.A.” era a fabricação em série de VANTs Classe I, Classe II e Classe III, os quais  serão substituidos por desenvolvimentos já existentes nas áreas de Pesquisa e Desenvolvimento (Investigación y Desarrollo), em cada uma das Forças.



 

O Projeto Sistema Aéreo Robótico Argentino - SARA, encomendado a INVAP, apresentado na SINPRODE 2011. Foto DefesaNet




Em relação ao Brasil o Ministro Julio Martínez declarou à DefesaNet, que próximamente, ele e representantes da Fábrica Argentina de Aviones (FAdeA), visitarão as instalações da EMBRAER, para tratar da continuidade do fornecimento de partes em material composto, que estão sendo produzidas na fábrica de FAdeA,  de Córdoba, para o avião de transporte multimissão e reabastecedor em voo KC-390.

Para finalizar afirmou que é sua intenção que a Argentina, através de FAdeA, ingresse na cadeia de fabricação dos caças Gripen, que atualmente EMBRAER Defesa & Segurança desenvolve junto com a empresa sueca SAAB. 

A intenção do Governo Macri segue o acordo assinado, em Outubro de 2014, quando os Ministros da Defesa dos dois países: Celso Amorim (Brasil), e Agustin Rossi (Argentina), assinaram um acordo de Cooperação Aeronáutica.

Na mesma oportunidade o ministro Rossi expressou o interesse do governo Argentino (Cristina Kirchner), de adquirir 24 aeronaves Gripen NG. (ver matéria Brasil e Argentina assinam acordo para fortalecer cooperação aeronáutica Link)

Nota DefesaNet

Em outra materia exclusiva de DefesaNet o jornalista Pedro Paulo Rezende informa que a empresa sueca Ericsson está desenvolvendo um novo radar AESA para o caça Gripen. Um dos objetivos não declarados deste desenvolvimento é de que uma possível exportação do Gripen NG à Argentina não sofra embargo da Inglaterra. (ver materia
EXCLUSIVO – SAAB Desenvolve novo Radar AESA para o Gripen E/F Link)

  
Matérias Relacionadas

EXCLUSIVO – SAAB Desenvolve novo Radar AESA para o Gripen E/F Pedro PauloRezende DefesaNet 2016 Link

Brasil e Argentina assinam acordo para fortalecer cooperação aeronáutica 2014 Link

Saab descarta possibilidade de vender Gripen para Argentina Reuters 2015 Link

Argentina procura mais projetos de cooperação em tecnologia e defesa com o Brasil Link

BR-AR - Declaración por la Democracia y La Paz de Los Ministros de Defensa del Brasil y Argentina Link

BR-AR - Brasil e Argentina assinam a “Declaração pela Democracia e a Paz” e iniciam negociações para a venda de caças Gripen NG Link

BR-AR - Rossi recibió a su par del Brasil: "Somos socios y aliados estratégicos" Link




Outras coberturas especiais


Nuclear

Nuclear

Última atualização 21 SET, 10:54

MAIS LIDAS

Argentina