COBERTURA ESPECIAL - America Latina - Terrestre

14 de Setembro, 2012 - 09:40 ( Brasília )

Exército mata um dos guerrilheiros das Farc que sequestraram repórter francês

Morte do rebelde ocorreu no mesmo local onde Langlois foi feito refém em abril deste ano

Tropas do Exército colombiano mataram um suposto guerrilheiro das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) acusado de participar do sequestro do jornalista francês Romeo Langlois, que esteve em poder dos rebeldes por 33 dias.

O comandante do Exército Nacional da Colômbia, general Sergio Mantilla, disse a jornalistas que o homem conhecido como "Índio Jailer", que defendeu a guerrilha nos últimos 14 anos, morreu em combates registrados na zona rural de Montañita, no departamento de Caquetá. "Foi uma das pessoas que planejou e participou do sequestro do jornalista Langlois.", afirmou o general Mantilla.

A morte do rebelde aconteceu no mesmo local onde Langlois foi sequestrado, em abril deste ano, quando acompanhava militares e policiais em uma operação antidrogas. O repórter, de 35 anos e com dez anos como correspondente na Colômbia, do canal "France 24" e do jornal "Le Figaro", foi libertado no dia 30 de maio.