COBERTURA ESPECIAL - America Latina - Defesa

07 de Outubro, 2016 - 09:40 ( Brasília )

Chile busca aprofundar intercâmbio na área de defesa


O ministro da Defesa, Raul Jungmann, recebeu nesta quinta-feira (06) o embaixador do Chile no Brasil, Jaime Gazmuri Mujica. Na audiência, o embaixador chileno demonstrou interesse em aprofundar as relações bilaterais em indústria de defesa.

“Queremos aprimorar essas relações e o tema da indústria militar é de nosso interesse. Gostaríamos de ampliar a colaboração na área técnica”, afirmou o embaixador chileno.

Mujica disse que teve experiências positivas quando visitou as Forças Armadas brasileiras. Na oportunidade, ele conheceu melhor a tecnologia utilizada nos submarinos da Marinha do Brasil, no Exército conversou sobre a parte de indústria militar terrestre, e na Força Aérea, o embaixador pode aprofundar melhor sobre os projetos da Embraer.

“Do ponto de vista político, temos muito interesse em um mecanismo que acordamos, que é o 2+2, que são reuniões periódicas entre os ministros de Relações Exteriores e de Defesa dos dois países. É uma instância de natureza bem estratégica na área de defesa e concordamos em iniciar esse mecanismo, este ano, com o Brasil”, acrescentou o embaixador.

De acordo com Jungmann, a reunião foi proveitosa e terá desdobramentos. "Quero dizer que a resposta é positiva e vamos dar seguimento a esse encontro, que foi rico e interessante. Já na próxima semana, vamos tratar disso quando teremos uma bilateral com o ministro da Defesa do Chile. Com relação ao mecanismo 2+2, nós iremos dar agilidade”, afirmou o ministro Jungmann.

Artigos relacionados:

Comitiva chilena visita Centro Tecnológico do Exército, no Rio de Janeiro [Link]

Brasil e Chile ampliam discussão no âmbito da cooperação na área de defesa [Link]