COBERTURA ESPECIAL - Africa - Naval

23 de Janeiro, 2017 - 10:00 ( Brasília )

Marinha doou uniformes para Cabo Verde

A Marinha brasileira doou para Cabo Verde 200 uniformes camuflados. A doação acontece no âmbito das comemorações dos 50 anos da Forças Armadas de Cabo Verde, completados no último dia 15 de Janeiro, e é apenas um capítulo das relações militares entre os d

Odair Santos / RFI

A cerimônia de doação de uniformes aconteceu no prédio do Estado-Maior das Forças Armadas cabo-verdianas, na cidade de Praia, e contou com a participação do Embaixador do Brasil em Cabo Verde, José Carlos Leitão e do Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas de Cabo Verde, General Anildo Morais, entre outros.

O novo uniforme militar é destinado aos recrutas que vão prestar serviço militar. Mas, ao longo deste ano, as Forças Armadas de Cabo Verde vão adquirir do Brasil duas mil fardas camufladas.

O comandante de Fragata, Alexandre Gildes Borges, que faz parte da missão do governo brasileiro que presta assessoria militar a Cabo Verde, disse, em entrevista à RFI Brasil, que todos os uniformes da guarda Costeira cabo-verdiana seguem o mesmo padrão das fardas da Marinha brasileira. A ideia é que as Forças Armadas de Cabo Verde usem o mesmo modelo.

Projeto de formação para sargentos

A Marinha brasileira também disponibilizou para o país africano 17 vagas de formação para sargentos e oficiais, informou o Chefe de Estado Maior das Forças Armadas de Cabo Verde, Anildo Morais.

Por outro lado, o comandante de Fragata, Alexandre Gildes Borges, completou que a assessoria que o Brasil presta a Cabo Verde, no quadro militar, visa o desenvolvimento da Guarda Costeira.

O Navio de Patrulha brasileiro Oceânico Araguari, com uma tripulação composta por 81 militares, sendo 12 oficiais e 69 praças, participou do exercício conjunto organizado pela guarda costeira cabo-verdiana e pela Marinha brasileira, no desembarque dos fuzileiros navais.



Outras coberturas especiais


Guarani

Guarani

Última atualização 17 AGO, 11:50

MAIS LIDAS

Africa